Como passar uma noite divertida entre avós e netos

Um serão em família é sempre uma oportunidade preciosa para o convívio e diversão entre pessoas que se querem bem. Quando avós e netos se juntam ao serão tudo pode acontecer. Saiba como passar uma noite divertida entre avós e netos e tenha momentos de união extraordinários.

Partilhar gostos

Avós e netos pertencem a gerações diferentes mas isso não implica que tenham de se divertir de formas distintas.
O ideal para uma noite animada é tentar que todos partilhem gostos e preferências, devendo cada qual ceder um pouco tendo em atenção aquilo que os outros gostam de fazer.
Por exemplo: O avô gosta muito de jogar xadrez, e o neto pode adorar batalha naval. Em vez de cada um tentar que o seu jogo preferido seja o eleito para o serão, é muito mais vantajoso que se reparta o tempo, para que tanto avô como neto possam jogar em conjunto um pouco de cada coisa.

Saber ouvir

A maioria das pessoas fala para se ouvir falar e pouco se interessa por aquilo que os outros têm para dizer. Mas entre avós e netos tal coisa não pode acontecer.
Num serão agradável e divertido todos ouvem aquilo que todos têm para dizer. É natural que os avós, um pouco nostálgicos tentem monopolizar um pouco o rumo da conversa, mas cabe aos netos de forma delicada fazer-lhes notar que o serão é para todos, e que em benefício de uma noite animada cada um precisa escutar o que os outros têm a dizer.

Nem tristeza nem barulho ensurdecedor

O equilíbrio é a palavra de ordem para conseguir uma noite bem-sucedida entre avós e netos.
Nem os avós podem encher a noite de lamentos e de saudades tristes e nem os netos se devem entregar a gritarias, berros e correrias desenfreadas pela casa. Para o bem de todos, e para sucesso da noite é necessário que não se cometam exageros e não se entrem em círculos viciosos aonde cada um manda calar o outro e nenhum tem afinal muita coisa a dizer.

Trazer para o presente prazeres do passado

Antigamente os serões em família eram uma constante, e ainda hoje é possível trazer-se com sucesso para os serões modernos muitos dos jogos tradicionais e passatempos de então.
Ser capaz de articular formas de diversão modernas com outras bem mais antigas é uma excelente estratégia para interessar avós e netos por uma atividade em comum. Os netos aprendem assim a valorizar as vivências dos mais idosos e crescem rodeados por um clima de saudável convivência entre novos e mais velhos.

Atualizar conhecimentos

Não são só os netos que têm a ganhar com os ensinamentos dos mais velhos. Os avós podem também aprender inúmeras coisas com os seus netos.
Não existe idade limite para se adquirirem novas competências em vastos domínios. Porque não aproveitar a presença dos netos para se conseguirem umas aulas especiais de informática, umas explicações sobre Internet, uso das redes sociais, entre outros.
As crianças são generosas na forma como transmitem os seus conhecimentos, e regra geral gostam de ajudar. Uma noite entre avós e netos pode ser divertida e ao mesmo tempo produtiva do ponto de vista da aquisição de conhecimentos.

Música, gargalhadas e muita conversa

A música dentro do repertório que possa interessar a avós e netos, a proliferação de gargalhadas francas e gostosas e a boa conversa são os requisitos indispensáveis para a alegria de uma noite em família.
Sempre que a temperatura do serão estiver a esmorecer há que deitar mais lenha na fogueira para não se apagar a chama da animação entre todos os convivas.

Atividades inclusivas

Numa noite entre avós e netos não se pode ver nenhum neto sozinho e aborrecido enquanto os outros brincam e se divertem. De igual forma também os avós não devem ser deixados sentados no sofá à espera de adormecer.
Se é para cantar, todos devem cantar. Se é para correr e saltar todos devem participar, salvo se por doença física de alguém presente no serão.

Criatividade

Ser criativo é fundamental para a diversão. Não há tudo aquilo que é preciso para o género de serão que avós e netos planeavam fazer? Não faz mal, e não vale ficar triste. O que não há pode-se inventar, reciclar ou adaptar para ser uma avó ou avô fantástico.
Também as brincadeiras podem ser alteradas consoante a disposição da família. Fugir de planos rígidos e de métodos inflexíveis é uma boa dica. Nada tem que ser escrupulosamente planeado. A noite pode ir-se desenhando à medida que as horas passam.

É bastante frequente os avós cuidarem dos netos, ou mesmo olharem por eles enquanto os pais trabalham. Mas a relação estabelecida entre netos e respetivos avós tem uma dimensão durante o dia que não é exatamente a mesma que atinge de noite. De noite esbatem-se os contornos das formalidades e tanto uma geração como a outra se sentem mais próximas e mais à vontade para se divertirem em conjunto. Por isso há que rentabilizar o melhor possível todo o tempo, de dia ou de noite, que avós e netos possam passar juntos.

A sua votação: 
Sem votos

Iniciar sessão

Votação

Costuma ir buscar os netos à escola?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades do Avós e Netos!