Como criar tradições de Natal especiais com os netos

Em virtude de se aproximar a época festiva do ano que mais alegria traz à pequenada e sendo este um período partilhado por toda a família, é comum haver a tradicional festinha de Natal na casa dos avós. É nesta altura que se estreitam laços de amizade e de companheirismo entre Avós e Netos.

Normalmente, os petizes anseiam apenas pela chegada do momento de abrir os presentes para ver se receberam aquilo que mais queriam, mas também estão recetivos a experimentar/estabelecer novas tradições de Natal com os seus avós. Conheça as mais importantes e reencontre a magia de Natal ao observar o olhar dos seus netos.

A história de Natal

Todos os avós a sabem e todos têm o seu jeito próprio de a contar. O momento de contar a história de Natal a um neto é, sem dúvida, um momento muito especial que fica gravado na memória de miúdos e de graúdos. É uma das tradições mais belas desta quadra e é sempre enternecedor ver o miúdo (nos natais seguintes) a puxar o seu avô à parte e a pedir-lhe para contar aquela história de Natal que ele tanto gosta.

Jantar da véspera de Natal

A par da abertura de prendas, o jantar da véspera de Natal é das tradições mais importantes que é celebrada na maioria das casas. No entanto, pode sempre introduzir pequenas alterações para acrescentar mais emoção a uma noite que, por si só, já é bastante empolgante. Por exemplo, todos os miúdos adoram cozinhar e saber que parte do que vão comer, nem que seja uma castanha assada, um pudim ou outra coisa qualquer, foi feita por eles. Na primeira vez, pode parecer um pouco estranho, mas, mais tarde, da mesma forma que a história de Natal, os miúdos vão procurar realizar esse hábito saudável com os seus avós. Destaca-se a preparação das filhoses (uma das sobremesas tradicionais mais apetecidas) onde os petizes demonstram as suas capacidades em socar, enrolar e polvilhar a massa.

A compra da prenda dos Pais

A compra da prenda dos pais é uma ótima oportunidade para os avós saírem com os seus netos e para os levarem às compras. Os avós devem deixar os pequenos escolherem a prenda dos pais, uma vez que eles - melhor do que ninguém - têm uma opinião muito bem formada sobre os gostos dos respetivos pais. Assim, evita-se o par de meias ou de cuecas tradicional, oferece-se uma prenda com significado e os avós passam a ser “fixes” aos olhos dos seus netos porque os deixaram escolher a prenda dos pais.

Até o embrulhar da prenda pode ser uma atividade gira para fazer com os netos na época de Natal, basta deixar que  os pequenos escolham e cortem o papel, sob vigilância constante, claro! Caso contrário, podem surgir acidentes ou uma manta de retalhos e não um embrulho condigno.

Enfeitar a casa

O enfeitar a casa é uma das atividades prediletas de todos os netos na época de Natal. É uma tarefa que é feita com muita alegria e vai desde o montar do presépio ao colocar da estrela no topo da árvore de Natal. E porque não ir mais longe? Porque não deixar que sejam os petizes a fazer os seus próprios enfeites. É uma forma de estarem ocupados e na companhia dos avós. Para o fazerem, basta ter um livrinho de decorações (que pode ser adquirido em qualquer papelaria) e alguma habilidade. Os pequenos podem pintar os enfeites e colocar lá os seus nomes, para tal, basta ter uns lápis ou uns guaches. À medida que vão crescendo, vão obtendo mais prazer na realização destas atividades e ficando mais competentes nas artes manuais.

Acima de tudo convém não esquecer que esta época especial deve ser aproveitada ao máximo na companhia de quem mais ama. Aproveite a grande oportunidade, enquanto avô, de ser Pai mais uma vez ou até mesmo, quem sabe, o Pai Natal que faz a diferença, a alegria manifestar-se-á nos olhos de encanto dos seus netos!

A sua votação: 
Sem votos
Ocasiões especiais: 

Iniciar sessão

Votação

Costuma ir buscar os netos à escola?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades do Avós e Netos!