10 jogos tradicionais que pode ensinar e jogar com os seus netos

Jogos tradicionais para crianças

Se há coisa que os avós podem passar aos seus netos, é a herança cultural, e os jogos tradicionais fazem parte dessa herança. Ficam aqui 10 jogos tradicionais infantis que pode jogar e partilhar com os seus netos.

1. O Rei Manda

Este jogo é excelente para a família jogar toda junta, pois quanto mais participantes, melhor. Num espaço que tenha parede, ou apenas com um risco desenhado no chão, o rei eleito coloca-se de costas para a parede ou risco e os restantes participantes colocam-se, lado a lado, à sua frente, a uma distância de cerca de 10 ou mais passos.
A função do rei é dar ordens que podem variar bastante. Os outros participantes cumprem essas ordens, tentando aproximar-se da parede ou risco onde está o rei. Quem conseguir chegar à parede ou ao risco em primeiro lugar, será o novo rei.
Ao dar as ordens, o rei deve começar por dizer, “O rei manda...:”. Por exemplo pode dizer: “O rei manda...dar dois saltos para a frente ou um salto de gigante para o lado esquerdo, saltar a pé coxinho para o lado direito, dizer o nome em voz alta, rodopiar 5 vezes”, etc. Mais tarde ou mais cedo alguém chegará ao pé do rei e tomará o seu lugar.

2. Berlindes

O objetivo é meter os berlindes nas covas. Fazem-se 3 covas no chão. Cada jogador lança o seu berlinde. Quem conseguir chegar mais longe é quem começa o jogo. O jogo tem como objetivo meter berlindes nos 3 buracos, empurrando-os com os dedos. Quando se consegue chegar à última cova faz-se o percurso no sentido oposto. À medida que os jogadores vão conseguindo estas etapas, ficam com o direito de tentar acertar nos berlindes dos outros jogadores, também utilizando a técnica de os empurrar com os dedos no chão. Quando acertam, ganham os berlindes em que acertam.

3. Macaca

Desenha-se a macaca no chão (um T duplo feito em quadrados) com um giz. Numeram-se as casas até 8. A casa 7/8 é o chamado céu. Com um pequeno objeto que dê para atirar, a primeira pessoa atira-o para dentro da casa número 1. Tem de acertar dentro da casa, se não acertar no espaço delineado ou sair fora deste, deverá passar a vez à pessoa seguinte. Se o objeto ficar dentro da casa, terá de fazer todo o percurso ao pé-coxinho para o apanhar. Deverá saltar sobre a casa onde está o objeto até às casas 7/8, aí salta, rodando no ar, sobre si mesmo pousando os pés nas mesmas casas. De seguida reinicia-se o percurso inverso até chegar à casa anterior à do objeto, apanhando-o, equilibrando-se apenas num pé. Se conseguir fazer todo o percurso desta forma, então começa de novo atirando o objeto para a casa seguinte. Se falhar, passa ao participante seguinte e na próxima jogada começa na casa onde parou.

4. Pião

Terá de comprar o pião e cordel, e ainda que no passado este tenha sido um jogo maioritariamente de meninos, nada diz que as meninas não o achem divertido. Depois de comprar o pião que vem acompanhado com um cordel, toca a jogar, e para isso é necessário definir as regras. Pode fazer uma competição de acordo com um certo tempo fixo, ou uma prova em que o pião deve tocar nos piões dos restantes jogadores e projetá-los para fora de um círculo desenhado no chão. O pião depois de lançado deverá continuar por si só a girar, considerando-se fora de prova os piões que saírem desse círculo. Depois de definir as regras está na hora de lançar o pião: segure com uma mão o cordel enrolado na ponta do pião e lance-o, fazendo-o girar no chão.

5. Corrida de sacos

A corrida de sacos é um jogo muito simples e divertido, mas que requer alguma agilidade física. São necessários sacos de altura pela cintura (podem ser sacos do lixo). Metam-se nos sacos e depois é só fazer uma corrida de saltos dentro deles. Quem chegar primeiro à meta ganha. É importante que segurem o saco com ambas as mãos, sem saírem do saco durante a corrida.

6. Cabra-cega

Para jogar o jogo da cabra-cega é necessário fazê-lo num local livre de objetos que possam magoar as crianças, pois implica andar vendado à procura de outras pessoas num espaço limitado. O participante que estiver vendado é a “cabra-cega” e tem de encontrar as pessoas ao seu lado e identificá-las pelo tato. À volta da cabra-cega, os outros participantes tocam-lhe e brincam dizendo “cabra-cega”, mas sempre sem que quem está vendado consiga perceber quem é que está a tocar-lhe e de forma a não o conseguir apanhar. Quando um dos participantes é apanhado pela “cabra-cega” não pode falar, pois deve ser identificado pelo tato. Se conseguir ser identificado, então essa pessoa passa a ser a cabra-cega e começa tudo de novo.

7. Apanha de maçãs

Um jogo animado, ótimo para uma tarde de Verão. Num recipiente largo não muito alto e cheio de água coloque diversas maçãs a boiar. De seguida o participante vendado, e sem a ajuda das mãos, terá de conseguir apanhar o maior número de maçãs com a boca. Quem conseguir apanhar mais maçãs ganha o jogo. No final podem sempre utilizar as maçãs para fazer uma tarte fresquinha para o lanche.  

8. Dança das cadeiras

Mais um jogo simples que as crianças adoram. Com um número inferior (uma a menos) de cadeiras ao número de participantes faça uma roda, com os assentos das cadeiras voltados para fora. Depois é só colocar música a tocar, tendo os participantes de andar à volta das cadeiras a dançar. Quando o som for desligado, têm de se sentar nas cadeiras disponíveis, ficando sempre um participante de fora – o número de cadeiras é inferior ao dos participantes. Cada vez que a música para, fica um fora da brincadeira. Antes de a música voltar a tocar, deverá retirar uma cadeira. Quem terminar sentado na última cadeira ganha o jogo.

9. Forca

Este é um jogo ótimo para um dia que decida ficar em casa com os seus netos. Para jogar à forca, basta papel e caneta, e … saber escrever. Um dos participantes desenha uma forca e escolhe uma palavra em segredo. De seguida risca no mesmo papel um traço por cada letra da palavra, para que à medida que a outra pessoa adivinhe as letras estas se vão preenchendo. A outra pessoa deve adivinhar as letras, começando por sugerir uma letra possível. Se essa letra pertencer à palavra secreta, deve-se colocar nos traços respetivos da palavra, se essa letra não constar na palavra então deve-se desenhar uma parte do corpo na forca: cabeça, pescoço, corpo, um braço, outro braço, assim por diante até o desenho ficar completo e é "enforcado". Depois passa a vez à outra pessoa. Se adivinhar antes de ser “enforcado” ganha o jogo.

10. Jogo do galo

Outro jogo divertido que apenas necessita de usar papel e caneta, sendo ótimo para jogar a dois. Em opção também se pode usar o jogo em tabuleiro. Se não tiver o tabuleiro e as peças respetivas, num papel, desenhe uma matriz de três linhas por três colunas. Dois jogadores escolhem cada um uma marcação: geralmente um círculo (O) e um xis (X). Os jogadores jogam alternadamente, uma marcação por vez, num espaço que esteja vazio. O objetivo é conseguir três círculos ou três xis em linha, quer horizontal, vertical ou diagonal e ao mesmo tempo, quando possível, impedir o adversário de ganhar na próxima jogada. Quando um jogador conquistar o objetivo, costuma-se riscar os três símbolos em linha.

A sua votação: 
Average: 3.7 (161 votes)

Iniciar sessão

Votação

Costuma ir buscar os netos à escola?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades do Avós e Netos!